Base de conhecimento  /  Gerenciador de aplicativos em nuvem  /  Administração da sua organização
Base de conhecimento  /  Gerenciador de aplicativos em nuvem  /  Administração da sua organização

Instâncias de tag

Atualizado por Arya Roudi e Sergio Quintana em 22 de maio de 2019
Código do artigo: kb/143

Neste artigo:

Visão geral

As tags fornecem informações sobre uma instância implementada através do Cloud Application Manager. Elas permitem que você relate os recursos do provedor consumidos pelos usuários do Cloud Application Manager, além de informar que caixa, provedor, usuário, espaço de trabalho do Cloud Application Manager estiveram envolvidos na implementação de uma instância.

Como administrador do Cloud Application Manager, você pode aplicar 10 tags para sua organização. Em Configurações, você pode adicionar tags predefinidas ou personalizadas e elas serão aplicadas ao provedor associado quando um usuário iniciar uma instância em qualquer nuvem pública ou privada, como AWS, vSphere, Google Cloud, Azure, OpenStack ou CloudStack. Elas também são aplicadas em instâncias iniciadas nos serviços do Linux, Windows, CloudFormation e RDS.

As tags podem ser usadas para relatar métricas de uso da interface do provedor. Elas ajudam você a entender como os recursos do Cloud Application Manager encontram-se espalhados pela sua organização. Use-as para identificar padrões de uso e otimizar recursos para suas equipes e usuários.

O Cloud Application Manager suporta tags na edição corporativa (SaaS e dispositivo virtual) para AWS, Google Cloud, OpenStack, CloudStack e vSphere.

Você pode adicionar tags a partir da seção Tags nas configurações da sua organização.

Público

Todos os usuários com acesso de administrador da organização do Cloud Application Manager.

Pré-requisitos

  • Acesso ao site  de gerenciamento do Cloud Application Manager.

  • O usuário deve ser um administrador da organização no Cloud Application Manager.

  • O usuário deve estar no escopo da organização para acessar as Configurações no menu do lado esquerdo. O acesso a essa opção também é possível através do botão de lápis de um elemento de organização no alternador de contexto.

Tags predefinidas ou personalizadas

A tag consiste de uma chave e um valor. Você pode adicionar uma tag com um valor customizado ou predefinido.

Configurações para adicionar tags

  • Personalizadas - insira qualquer valor significativo para categorizar instâncias, como o nome do departamento.
  • Predefinido – escolha entre valores predefinidos, como nome da caixa, nome da instância, nome do provedor, ID do espaço de trabalho, etc. Os valores predefinidos dão informações específicas sobre uma instância. Os valores predefinidos fornecem informações específicas sobre uma instância. Escolha um valor da tabela.
Valor predefinido Descrição
Nome da caixa Nome da caixa implementada.
Nome da instância Nome que o usuário deu a uma instância ao implementá-la.
ID de instância ID atribuída pelo Cloud Application Manager, como por exemplo, i-extwmf.
Nome do provedor Provedor definido no Cloud Application Manager para o qual a instância foi implementada.
ID da instância de serviço ID exclusivo para cada máquina criada para a instância, por exemplo, eb-ek73d-1, eb-ek73d-2.
E-mail do usuário E-mail do usuário que implementou a instância.
ID de serviço ID para o tipo de serviço implementado pelo provedor, por exemplo, eb-ek73d.
ID de suporte Este ID relaciona uma instância no caso de você solicitar suporte para ela. Pode haver mais de um ID, caso a instância esteja associada a mais de uma máquina.
ID de usuário Uma ID exclusiva para identificar o usuário do Cloud Application Manager.
ID de espaço de trabalho ID do espaço de trabalho exclusivo onde a instância foi implementada.
Nome do espaço de trabalho Nome do espaço de trabalho onde a instância foi implementada.
Origem A URL do ambiente do Cloud Application Manager a partir da qual a instância foi implementada.

Aplicação de tags para sua organização

Somente usuários do Cloud Application Manager na função de administrador podem aplicar tags. Siga os passos a seguir para aplicar uma tag.

Etapas

  1. Faça login no Cloud Application Manager.

  2. No menu suspenso no canto superior direito, selecione Organizações > Nome da sua organização

  3. Clique em Configurações e role para baixo até a seção Tags.

  4. Clique em Adicionar e insira uma chave e um valor para a tag.

    • Para inserir um valor predefinido, clique no menu suspenso Valor e selecione um.
    • Para inserir um valor customizado, basta digitar no campo Valor customizado.
    • Observação: O comprimento máximo é de 125 caracteres para a chave e 250 para o valor. Tags que contêm caracteres não-ASCII unicode (ex: +=*&!@#) são ignorados. Tais tags não são aplicadas à instância no Google Cloud e no OpenStack.
  5. Quando concluído, clique em Salvar para adicionar a tag.

Observação: A edição de tags não é suportada atualmente. Mas você pode remover uma tag e criar outra em seu lugar. Para excluir uma tag, acesso as Configurações e, em Tags, clique no X ao lado do nome da tag que deseja remover.

Relatórios nas tags do Cloud Application Manager

Um dos principais benefícios das tags é que você pode relatar e analisar como os recursos do Cloud Application Manager são consumidos em toda a organização. Atualmente, os recursos de geração de relatórios dependem do que o seu provedor de nuvem suporta nativamente.

Vale comentar que o site de Análises no Cloud Application Manager também pode se beneficiar das tags.

Consulte as seções a seguir para visualizar ou gerenciar as tags aplicadas em uma instância de caixa iniciada em um provedor de nuvem específico.

Relatórios no AWS

Além das tags predefinidas e personalizadas, o Cloud Application Manager rotula instâncias com marcas do CloudFormation. No momento, as tags não se aplicam às instâncias do armazenamento de bloco elástico e nuvens privadas virtuais. Para relatar as instâncias de tags implementadas no AWS, leia este artigo.

Etapas

  1. Faça login no console da AWS com seu usuário IAM.

  2. Selecione a região onde sua instância está implementada.

  3. Clique serviços > EC2 > Instâncias.

  4. Selecione uma instância e clique na guia Tags para gerenciar as tags aplicadas.

    Edição de tags em instâncias do AWS

Relatórios no Google Cloud

Etapas

  1. Faça login no Google Cloud Console.

  2. Em Projetos, selecione o projeto no qual as instâncias do Cloud Application Manager estão implementadas.

  3. Em Compute Engine, clique em instâncias de VM e gerencie as tags aplicadas nos metadados personalizados.
    Instâncias de VM do Google Compute Engine

Relatórios no OpenStack

Etapas

  1. Faça login no seu painel do OpenStack.

  2. Selecione o projeto no qual as instâncias do Cloud Application Manager estão implementadas.

  3. Em Instâncias, selecione a instância cujas tags você deseja visualizar. As tags estão listadas em Metadados.

    Gerenciamento de tags no Openstack

Relatórios no vSphere

Etapas

  1. Faça login no seu thin client do VMware vSphere para o vCenter 5.0 ou posterior.

  2. Localize a máquina virtual iniciada pelo Cloud Application Manager no vSphere. Use a ID de serviço da instância no Cloud Application Manager para encontrá-la.

  3. As tags aplicadas à instância serão listadas em Tags.

    Adição de tags em instância do vSphere

Relatórios no CloudStack

Etapas

  1. Faça login no seu console de gerenciamento do CloudStack.

  2. Em Instâncias, selecione a instância iniciada através do Cloud Application Manager. Use o ID de serviço do Cloud Application Manager para encontrá-la.

  3. Na guia Detalhes da instância, desça para ver as tags aplicadas.
    Criação de tags no Clodstack

Como contatar o suporte do Cloud Application Manager

Os clientes podem contatar diretamente a central de suporte de operações globais da Lumen (suporte técnico) para obter ajuda com o Cloud Application Manager, bem como para qualquer outro produto compatível no qual eles estejam inscritos. Veja abaixo as três formas de obter ajuda.

Contato:

  1. Telefone: 888-638-6771

  2. E-mail: E-mail: incident@centurylink.com

  3. Criar um ticket no Cloud Application Manager: Diretamente dentro da plataforma, os usuários podem "Criar ticket" clicando no símbolo "?" no canto superior direito, próximo ao ícone do perfil de login do usuário. Isso leva o usuário diretamente ao Portal de serviços gerenciados, onde ele pode abrir, rastrear e revisar o status dos problemas que foram relatados ao suporte técnico. Além disso, essa é também a maneira de envolver um TAM.

Instruções:

  1. Informe seu nome
  2. Nome da conta do CAM
  3. Uma breve descrição da solicitação ou do problema para fins de registro do caso

O suporte técnico transmitirá as informações ao TAM principal e transferirá a chamada, caso necessário.

Powered by Translations.com GlobalLink OneLink SoftwarePowered By OneLink