Base de conhecimento  /  Gerenciador de aplicativos em nuvem  /  Automatização de implementações
Base de conhecimento  /  Gerenciador de aplicativos em nuvem  /  Automatização de implementações

Caixas de políticas de implementação

Atualizado por Julio Castanar e Sergio Quintana em 20 de maio de 2019
Código do artigo: kb/393

Neste artigo:

Visão geral

O objetivo deste artigo é descrever as Caixas de políticas do Cloud Application Manager, bem como instruções de uso e gerenciamento.

Público

Clientes do Cloud Application Manager.

Pré-requisitos

  • Acesso ao site Applications (módulo Application Lifecycle Management) do Cloud Application Manager como um usuário autorizado de uma conta ativa do Cloud Application Manager.

Caixas de políticas de implementação

Dê acesso à infraestrutura do provedor de nuvem usando uma caixa de política de implementação. As políticas ajudam a alocar recursos na nuvem seguramente, em vez de dar acesso ao provedor de nuvem completo. Como operações de TI, você tem controle sobre quais e quantos recursos as implementações consomem.
Personalize as políticas para apoiar cenários de implementação específicos. Você pode, por exemplo, desejar fornecer um tipo de instância pequeno de uma determinada distribuição Linux em uma política para iniciar ambientes de desenvolvimento.

Criar uma política de implementação

  1. Faça login no site do aplicativo Cloud Application Manager.

  2. Na página Caixas, clique em Nova > Política de implementação. Selecione aqui um tipo de caixa de política de implementação.

    Nova caixa de política de implementação

    A seguir selecione um provedor de nuvem adicionado anteriormente ao Cloud Application Manager, dê à caixa um nome significativo para identificá-la entre suas caixas e especifique opcionalmente outros metadados.
    Você também pode especificar declarações relacionadas com a política. Para obter mais informações, consulte Declarações e requisitos

    Nova caixa de política de máquina virtual ou física

    Depois de configurar a política, clique em "Salvar" para continuar.

  3. Na recém-criada Caixa de políticas de implementação, sob a guia Código, selecione Editar na seção Política para personalizar a política.
    Nova caixa de política de máquina virtual ou física

    Selecione o recurso, a rede, a região e outras configurações de implementação do provedor de nuvem.
    Consulte a ajuda do provedor para obter mais detalhes:

    Observação: se você está implementando para provedores da nuvem pública como AWS ou Google Compute, provavelmente o provedor de nuvem cobrará de você pela infraestrutura virtual que você provisiona. Familiarize-se com o modelo de preço do provedor, já que o Cloud Application Manager não assume nenhuma responsabilidade por custos incorridos.

    Observação: sinalizadores de proteção de instância impedirão que a instância seja desativada manualmente ou encerrada se estiver habilitada. Eles serão herdados em qualquer instância implementada por meio desta caixa de políticas de implementação. Mais informações sobre sinalizadores de proteção de instâncias

Declarações e requisitos

As declarações ajudam a definir quais recursos ou características a política oferece, permitindo ao usuário declarar que tipo de funcionalidade a caixa de políticas de implementação fornece. Este é um simples mecanismo para definir recursos rotulados personalizados. Essas declarações são equiparadas aos requisitos da caixa durante a implementação.

O usuário pode, por exemplo, definir uma declaração "linux" para garantir que as caixas implementadas com o requisito "linux" atendam ao requisito. No momento da implementação, políticas de implementação selecionáveis serão filtradas com base nos requisitos da caixa a ser implementada.

Dar acesso à política

Quando você configurar a política, dê aos espaços de trabalho em equipe e aos indivíduos acesso a recursos em nuvem para suas implementações de caixas. Espaços de trabalho em equipe e indivíduos que já têm acesso ao espaço de trabalho onde a caixa de políticas de implementação foi criada, têm automaticamente acesso à caixa também.
Dê acesso a outros indivíduos ou espaços de trabalho em equipe clicando no lápis do painel Colaboradores na guia Visão geral da caixa de políticas de implementação, pesquise os usuários e forneça-lhes acesso para visualizar, editar ou como proprietário.

Compartilhar caixa de política de implementação

Compartilhar acesso Descrição
É proprietário Renomeie ou exclua os metadados da política e edite as configurações da política se tiver acesso para edição ao provedor registrado no Cloud Application Manager.
Pode editar Altere os metadados da caixa de políticas e edite as configurações da política se você tiver acesso para edição ao provedor.
Pode visualizar Consumir a política para implementar caixas.

Para obter mais informações sobre compartilhamento, consulte compartilhamento de caixas, instâncias e provedores.

Variáveis da política de implementação

Clicar na seção Código de uma Política de implementação oferece ao usuário a possibilidade de editar uma política já definida, bem como definir algumas variáveis para parametrizar essa caixa.

Tipos de variáveis disponíveis para caixas de políticas de implementação

Quase todo tipo de variável que se aplica a este caso já foi detalhadamente explicada aqui, portanto uma visão geral será fornecida:

  • Variável de caixa: contém uma referência da configuração de outra caixa em seu espaço de trabalho. É assim que aplicativos de várias camadas podem ser obtidos. Caixa secundárias internas serão implementadas na mesma infraestrutura virtual que a caixa primária.

  • Variável de texto: armazena cadeias como nomes de usuário, caminhos, nomes de arquivo, cadeias de conexão, URL de pontos de extremidade ou valores de associação, entre outros.

  • Variável de opções: Use-o para fornecer um menu suspenso de valores para que os usuários escolham ao implementar a caixa.

  • Variável de várias opções: similar à variável de opções, mas permite definir vários valores padrão em vez do valor único que a variável Opções pode definir.

  • Variável de senha: atribui um valor de cadeia sensível, que é ocultado pela interface do Cloud Application Manager. Tipicamente, as senhas são usadas para conceder às contas administrativas acesso à máquina virtual ou aos aplicativos nela.

  • Variável de número: armazena valores inteiros, e pode ser acessada em scripts de eventos, da mesma forma que variáveis de texto.

Implementações de caixas de controle com caixas de administradores

Qualquer script box anexada a uma política de implementação é uma caixa de administrador. A caixa de administrador permite às equipes de operações de TI corporativa executar tarefas de administração comuns em implementações para cumprir as políticas e melhores práticas da empresa. Essas tarefas de administração comuns podem incluir a instalação de agentes de monitoramento, registro de máquinas virtuais em um banco de dados ou configuração de chaves públicas em todas as máquinas antes de disponibilizá-las aos usuários.

Casos de uso de caixas de administradores

As caixas de administradores são úteis nos seguintes cenários de implementação:

  • Instalar um agente de monitoramento. Uma caixa de administrador pode instalar localmente um agente de monitoramento como Nagios ou New Relic, que pode monitorar atividades de máquinas virtuais e enviar dados de volta para um serviço de monitoramento central.
  • Definir o nome do host. Uma caixa de administrador pode definir o nome do host de cada máquina virtual implementada no ambiente de um provedor.
  • Registrar máquinas virtuais em um servidor. Para cada máquina virtual implementada, uma caixa de administrador, por exemplo, pode registrá-la em um servidor Chef principal e a seguir liberá-la quando a máquina terminar.
  • Instalar certificados. Um administrador pode instalar certificados localmente em cada máquina virtual em produção como simples exemplo.

Como criar e executar uma caixa de administrador

Para criar uma caixa de administrador, abra uma política de implementação e adicione uma script box sob a seção Variáveis.
Em geral é recomendável adicionar uma script box que seja compatível com o tipo de SO da política. Em uma política do Windows, por exemplo, adicione uma script box que seja executada no Windows.
Uma política pode ter tantas caixas de administradores quantas necessário.

Exibir lista da caixa de administrador

Quando uma caixa é iniciada em uma política de implementação que contém uma caixa de administrador, o Cloud Application Manager a envolve como uma caixa secundária na implementação da caixa de administrador.
Em cada tipo de evento principal, como instalação, configuração, início, parada, a caixa de administrador é executada primeiro, seguida pelos eventos da caixa iniciada.
Para executar eventos da caixa de administrador antes de outros em cada subcategoria de evento, como pré-instalação, instalação, mova os comandos para os eventos pré-instalação, pré-configuração e pré-início da caixa de administração.

Saída de execução da caixa de administrador

Como contatar o suporte do Cloud Application Manager

Lamentamos que você tenha encontrado um problema com o Cloud Application Manager. Consulte as dicas de troubleshooting ou entre em contato com o suporte do Cloud Application Manager e apresente detalhes e capturas de tela, conforme possível.

Para problemas relacionados a chamadas de API, envie o corpo da solicitação junto com os detalhes referentes ao problema.

Em caso de erro de caixa, compartilhe a caixa no espaço de trabalho que sua organização e o Cloud Application Manager podem acessar e anexe os registros.

  • Linux: SSH e localize o registro em /var/log/elasticbox/elasticbox-agent.log
  • Windows: RDP na instância para localizar o registro em \ProgramData\ElasticBox\Logs\elasticbox-agent.log
Powered by Translations.com GlobalLink OneLink SoftwarePowered By OneLink