Base de conhecimento  /  Gerenciador de aplicativos em nuvem  /  Conceitos básicos
Base de conhecimento  /  Gerenciador de aplicativos em nuvem  /  Conceitos básicos

Caixas

Atualizado por Julio Castanar e Guillermo Sánchez em 20 de maio de 2019
Código do artigo: kb/384

Neste artigo:

Visão geral

Este artigo se destina a auxiliar os clientes do Cloud Application Manager que desejam criar e gerenciar caixas.

Público

Usuários do Cloud Application Manager que utilizam recursos de Application Lifecycle Management (ALM - gerenciamento de ciclo de vida de aplicativos).

Pré-requisitos

  • Acesso ao site Applications (módulo Application Lifecycle Management) do Cloud Application Manager como um usuário autorizado de uma conta ativa do Cloud Application Manager.

Caixas

As caixas são os modelos que armazenam a automação de aplicativos. Uma instância é uma caixa que você instala na infraestrutura virtual provisionada a um provedor de nuvem público ou privado ou na sua própria infraestrutura. Faça uma tour rápida para entender o layout das caixas e das instâncias no Cloud Application Manager.

As caixas contêm scripts, variáveis e metadados para automatizar processos ao criar uma instância na infraestrutura da nuvem. Em conjunto, as caixas modelam os processos complexos como a implementação ou a atualização de aplicativos de escala corporativa.

Então, como as caixas funcionam? Uma pilha de aplicativos típica pode consistir de múltiplas caixas, sendo que cada uma delas modela uma etapa da instalação do aplicativo. Por exemplo, uma delas pode modelar a instalação de requisitos de tempo de execução (como bibliotecas PHP). Outra pode modelar a instalação de um servidor da web (como o Apache). E uma terceira pode modelar a conexão com um repositório de controle do código-fonte (como o Git), obtendo o código mais recente e instalando-o no servidor virtual. Quando empilhadas e criada a instância, essas três caixas instalam um aplicativo. Ao mesmo tempo, cada caixa é independente, reutilizável e pode ser consumida por outros aplicativos.

Página Caixas

Ao clicar no menu de Caixas à esquerda, a página de caixas é exibida, mostrando todas as suas caixas disponíveis no escopo atual. Você pode exibi-las como blocos, com informações para cada caixa, ou como lista com algumas colunas exibindo informações básicas sobre elas. Para alternar entre essas exibições, basta clicar em um botão no canto superior direito da página.

Página Caixa na visualização de blocos

A visualização em blocos exibe um ícone grande, o nome, o tipo e o proprietário da caixa. Ao passar o mouse sobre um bloco, surgem dois botões de ação, que permitem que você implemente ou gerencie a caixa. É possível classificar os blocos por nome (padrão), última modificação ou proprietário ao selecionar um desses valores no menu suspenso Classificar por, localizado no canto superior direito da página, ao lado do botão de alteração do modo de visualização.

Página de caixas na visualização em lista

A visualização em lista exibe para cada elemento um ícone pequeno, nome, tipo, data da última modificação, o proprietário e dois botões de ação para cada caixa. É possível ordenar por qualquer coluna clicando no seu título e, ao selecionar qualquer uma das caixas da lista, surge um botão de Ações em massa para que as caixas selecionadas possam ser atualizadas ao mesmo tempo.

O botão do ícone de engrenagem permite que você gerencie a caixa ao realizar ações adicionais, como compartilhar a caixa, editar seus detalhes, cloná-la ou excluí-la. Essas opções estarão disponíveis dependendo das suas permissões de acesso à caixa.

Você também pode usar os filtros acima para restringir as caixas exibidas de acordo com o espaço de trabalho ao qual elas pertencem ou com as tags associadas a elas.

Há diversos tipos de caixas a serem abordadas para o seu caso de uso de automação específico:

  • Caixas de aplicativo permitem configurar várias caixas para implementar um aplicativo com apenas um clique.
  • Caixas de script permitem que os usuários façam a automação usando Bash, PowerShell, Salt, Ansible, Puppet ou Chef.
  • Caixas de contêiner permitem que os usuários façam a automação usando uma tecnologia de contêiner como Docker.
  • Caixas de modelos permitem fazer a automação usando modelos AWS CloudFormation, ARM, Google Deployments, Kubernetes ou Terraform.
  • Caixas de política de implementação oferecem a possibilidade de selecionar e compartilhar recursos de infraestrutura, redes e outros de um provedor de nuvem.

No menu da esquerda, clique em um desses tipos para filtrá-lo na visualização.

Nova Caixa

Para criar uma nova caixa, clique no botão Novo na página de Caixas. Selecione um tipo de caixa correspondente à sua automação:

Preencha os campos obrigatórios (com um *) e defina alguns metadados básicos descritos abaixo.

Metadados da caixa

Metadados Tipo de caixa O que significa
Nome,
Descrição,
Ícone
Todos Dê um nome à caixa, uma descrição e um ícone (opcionais).
Requisitos Roteiro,
Modelo,
Recipiente
É uma boa prática colocar uma tag no tempo de execução que a caixa necessita para implementação. O Cloud Application Manager sugere automaticamente tags como Linux, Ubuntu, Java e assim por diante. Quanto estiver pronto para iniciar a caixa, serão apresentadas as políticas de implementação correspondentes aos requisitos. Essas políticas de implementação oferecem a infraestrutura ou os serviços certos de que a caixa necessita para implementação.
Observação: Nas caixas CloudFormation, as tags ajudam a procurar instâncias de associação.
Atualizações
automáticas
Roteiro,
Modelo,
Recipiente
Selecione o nível de atualizações a serem aplicadas automaticamente às instâncias lançadas de um versão de caixa:
Desativado - é desativado por padrão.
Todas as atualizações - aplica todas as alterações.
Atualizações secundárias e de patching - aplica alterações secundárias e de patching à versão implementada.
Atualizações de patching - aplica apenas as alterações de patching à versão implementada.
Provedor Implantação
política
Selecione o provedor de nuvem registrado no Cloud Application Manager para o qual você criará recursos de infraestrutura na política.
Reclamações Implantação
política
Aplique tags aos serviços e infraestrutura fornecidos por uma política, como Linux, Ubuntu 12.04, balanceamento de carga e etc. para as implementações. Adicione declarações para que as caixas com requisitos correspondentes possam ser implementadas com êxito usando a política certa.
Tempo de vida da instância Implantação
política
Determina como programar instâncias para vencimento automático

Gerenciamento da caixa

Ao criar uma caixa, é possível configurá-la e gerenciá-la neste painel:

Conceitos centrais da página de gerenciamento de caixas

Funções das caixas

As funções das caixas (marcadas com 1 na figura) executam vários comandos para a caixa

Função Descrição
Implantar Iniciar uma nova instância do rascunho da caixa com esta opção. Isso permite que você selecione uma política de implementação específica a ser iniciada em um provedor de nuvem.
Menu de engrenagem Aqui, é possível editar metadados básicos da caixa, compartilhá-los ou excluí-los.
Editar detalhes - permite a edição de propriedades básicas da caixa.
Clonar - duplica a caixa atual com a mesma configuração básica.
Compartilhar - convida membros da equipe para colaborar e melhorar a configuração ou apenas permite que eles implementem a caixa.
Excluir caixa - remove a caixa atual

Seções das caixas

Seções de caixas (marcadas com 2 na figura) exibem várias configurações da caixa

Seção Descrição
Visão geral Obtenha informações detalhadas sobre a sua caixa.
Código Automatize a forma como um software é implementado no ambiente virtual parametrizando com variáveis e eventos.
Versões Acompanhe as alterações de configuração da implementação com a ajuda do controle de versão. As versões permitem que você consuma diferentes configurações da mesma caixa em múltiplas implementações. A partir desta guia, é possível criar uma nova versão, ver uma comparação do que mudou ou restaurar uma versão como rascunho da caixa.

Como contatar o suporte do Cloud Application Manager

Lamentamos que você tenha encontrado um problema com o Cloud Application Manager. Consulte as dicas de troubleshooting ou entre em contato com o suporte do Cloud Application Manager e apresente detalhes e capturas de tela, conforme possível.

Para problemas relacionados a chamadas de API, envie o corpo da solicitação junto com os detalhes referentes ao problema.

Em caso de erro de caixa, compartilhe a caixa no espaço de trabalho que sua organização e o Cloud Application Manager podem acessar e anexe os registros.

  • Linux: SSH e localize o registro em /var/log/elasticbox/elasticbox-agent.log
  • Windows: RDP na instância para localizar o registro em \ProgramData\ElasticBox\Logs\elasticbox-agent.log
Powered by Translations.com GlobalLink OneLink SoftwarePowered By OneLink