Base de conhecimento  /  Gerenciador de aplicativos em nuvem  /  Conceitos básicos
Base de conhecimento  /  Gerenciador de aplicativos em nuvem  /  Conceitos básicos

Lifecycle Editor

Atualizado por Oscar Hafner e Lumen em mar 7, 2019
Código do artigo: kb/407

Lifecycle Editor

O Lifecycle Editor oferece uma interface única e unificada para testar e refinar as configurações da sua caixa em implementações ao vivo. O editor é poderoso porque permite reaplicar as alterações da caixa e ver como elas são executadas imediatamente na instância através de registros.

Neste artigo:

  • Iniciar o Lifecycle Editor
  • Modificar uma instância de caixa
  • Reiniciar a instância com alterações
  • Visualizar registros de instância
  • Controlar versão com push e pull

Iniciar o Lifecycle Editor

Logo depois de iniciar uma instância, o Lifecycle Editor fica disponível na página de perfil da instância. Para chegar a ele, clique em uma instância na página de instâncias conforme mostrado.

Acesso a uma instância

A página de perfil da instância mostra o feed de atividades da instância durante todo o ciclo de vida e permite realizar ações nela. Clique no Lifecycle Editor para editar e fazer alterações na instância em execução.

Acesso ao Lifecycle Editor

Modificar uma instância de caixa

Edite a configuração da caixa de uma instância em execução modificando seus scripts de eventos e valores variáveis ou adicionando novos eventos e variáveis.

Alterar eventos

Os eventos permitem controlar o ciclo de vida do seu aplicativo na infraestrutura virtual. Altere-os para modificar a forma como o seu aplicativo se comporta.

Editar um evento no Lifecycle Editor

  1. Para editar um evento, percorra a topologia da caixa e selecione o evento. Neste exemplo, selecionamos o evento pre_install da caixa NodeJS.
  2. Faça as alterações no script do evento na guia evento. A guia mostra um asterisco para indicar as alterações não salvas.
  3. Quando concluído, clique em Salvar.

Se você fizer alterações no script do evento na guia evento e tentar fechar o editor (sem pressionar o botão "Salvar"), um diálogo de confirmação avisará sobre as alterações pendentes. Se quiser manter as alterações, pressione o botão "Salvar" na caixa de diálogo.

Salvar as alterações ao fechar o Editor

Editar um tempo limite de evento

Você pode configurar um tempo limite de execução máximo em um script de evento da instância para controlar execuções de longa duração. O tempo limite de execução também pode ser definido nas Script boxes.

Se uma cadeia tiver um tempo limite de execução, um ícone de relógio será mostrado ao lado do nome do evento.

Evento com tempo limite definido no Lifecycle Editor

O menu de ação permite definir ou modificar o valor de tempo limite da instância, sem afetar a configuração da caixa de origem.

Definir ou modificar o tempo limite de execução no Lifecycle Editor

Alterar valores variáveis

É possível reimplementar uma instância com parâmetros diferentes alterando os valores variáveis.

  • Para editar valores variáveis, clique na caixa de entrada e digite ou selecione o novo valor.

Editar valor de variável no Lifecycle Editor

Se você fizer alterações no script do evento na guia evento e tentar fechar o editor (sem pressionar o botão "Salvar"), um diálogo de confirmação avisará sobre as alterações pendentes. Se quiser manter as alterações, pressione o botão "Salvar" na caixa de diálogo.

Salvar as alterações ao fechar o Editor

  • Para editar variáveis de tipo de arquivo, clique no ícone de lápis e faça as alterações no script variável na guia variável. A guia exibe um asterisco para indicar alterações não salvas. Clique em Salvar para salvar as alterações feitas.

Editar variável de tipo de arquivo

Alterar valores variáveis de associações (bindings)

Quando uma instância depende de outra caixa ou serviço, como um serviço de balanceador de carga, cache ou base de dados, você pode vinculá-los com uma associação (binding). No Lifecycle Editor, é possível modificar o valor da associação (binding) para selecionar uma instância diferente.

  1. Para editar a variável de associação (binding), exclua as tags que deseja alterar.

Editar variável de associação

  1. Digite os novos valores. Serão apresentadas algumas sugestões para escolha, mas você também pode digitar seus próprios valores. Para salvar as alterações, clique no botão Salvar.

Sugestões de tags de associação (binding)

Se você fizer alterações no script do evento na guia evento e tentar fechar o editor (sem pressionar o botão "Salvar"), um diálogo de confirmação avisará sobre as alterações pendentes. Se quiser manter as alterações, pressione o botão "Salvar" na caixa de diálogo.

Salvar as alterações ao fechar o Editor

Adicionar eventos ou variáveis

É possível adicionar novos eventos ou variáveis aos diferentes pacotes da caixa.

Se desejar criar um novo evento:

  1. Clique em Novo.
  2. Clique em Novo evento.

Adicionar novo evento

  1. Selecione o pacote pai.

Novo evento > Selecionar primário

  1. Selecione o tipo de evento.

Novo evento > Selecionar tipo de evento

  1. Clique em Salvar.

Se desejar criar uma nova variável:

  1. Clique em Novo.
  2. Clique em Nova variável.

Adicionar nova variável

  1. Preencha todos os valores variáveis.

Nova variável > Propriedades

  1. Clique em Salvar.

Reiniciar a instância com alterações

Assim que tiver salvo as alterações no editor de ciclo de vida, elas são armazenadas localmente até que você acione uma ação do ciclo de vida na instância. É possível reaplicar as alterações à instância em execução acionando um evento de instalação ou configuração, que executa os scripts de evento da caixa na infraestrutura virtual. Para saber mais sobre outras ações que podem ser realizadas, consulte Lidar com estados de ciclo de vida de instâncias.

Neste exemplo, clicamos em Reinstalar para executar eventos do tipo instalação no ambiente virtual. Eventos do tipo instalação incluem todos os scripts de evento de instalação e pós-instalação nas caixas principais e aninhadas.

Observação: Observação: quando uma ação é acionada, a instância está no processo de mudança de estado. Durante esse tempo, ela fica no modo somente exibição e não é possível editar sua configuração. Mas é possível visualizar os registros. Assim que os scripts são executados, é possível voltar a editar a instância.

Executar um evento na caixa selecionada

Visualizar registros de instância

O painel de registros apresenta a saída padrão de scripts de evento que foram executados na máquina virtual de destino. Depois de fazer alterações de script e acionar uma ação de ciclo de vida na instância, é possível ver aqui instantaneamente sua saída de execução.

Clique em Registros para monitorar o progresso da instância durante sua instalação e reconfiguração.

Monitor de registro habilitado

Controlar versão com push e pull

As alterações feitas no Lifecycle Editor são locais para a instância e não são propagadas de volta para a caixa no catálogo. No entanto, é possível fazer um push da instância de volta para a definição da caixa. Isso disponibiliza uma nova versão da caixa com essas alterações na guia Versões. Isso é muito útil para o desenvolvimento iterativo das caixas sem precisar reimplementar do zero.

Além disso, também é possível fazer o pull de uma versão da definição da caixa. Isso é útil se desejar reverter para uma versão diferente ou quiser atualizar uma instância para a versão mais recente de uma caixa.

Push e pull da caixa

  • O push cria uma nova versão da caixa no catálogo de caixas com base nas alterações feitas no Lifecycle Editor. Isso atualiza os scripts de evento da caixa, assim como os conteúdos variáveis.
  • O pull copia a versão que você selecionar da caixa a partir do catálogo de caixas e a leva para a instância da caixa. Isso é útil para atualizar uma instância para uma nova versão de uma caixa ou para reverter as alterações.
  • Push para rascunho atualiza as alterações feitas na caixa de rascunho.
  • O botão Excluir remove os elementos selecionados da caixa.

Observação: Observação: o Cloud Application Manager fornece caixas padrão que estão disponíveis para todos os usuários. Você pode usá-las para suas implementações e modificar e testar a configuração da instância no Lifecycle Editor. No entanto, como todos acessam as caixas, não é possível fazer push ou pull para modificar sua definição de caixa.

Como contatar o suporte do Cloud Application Manager

Lamentamos que você tenha encontrado um problema com o Cloud Application Manager. Consulte as dicas de troubleshooting ou entre em contato com o suporte do Cloud Application Manager e apresente detalhes e capturas de tela, conforme possível.

Para problemas relacionados a chamadas de API, envie o corpo da solicitação junto com os detalhes referentes ao problema.

Em caso de erro de caixa, compartilhe a caixa no espaço de trabalho que sua organização e o Cloud Application Manager podem acessar e anexe os registros.

  • Linux: SSH e localize o registro em /var/log/elasticbox/elasticbox-agent.log
  • Windows: RDP na instância para localizar o registro em ProgramData/ElasticBox/Logs/elasticbox-agent.log
Powered by Translations.com GlobalLink OneLink SoftwarePowered By OneLink