Base de conhecimento  /  Gerenciador de aplicativos em nuvem  /  Conceitos básicos
Base de conhecimento  /  Gerenciador de aplicativos em nuvem  /  Conceitos básicos

Provedores

Atualizado por Diego Sanjuan, Guillermo Sánchez, Victor Shulman, Zachary McMaster em out 22, 2019
Código do artigo: kb/213

Neste artigo:

Visão geral

Provedores são uma parte básica do Cloud Application Manager. Este artigo se destina a auxiliar os clientes do Cloud Application Manager que estão começando a usar a plataforma.

Público

Todos os clientes do Cloud Application Manager.

Pré-requisitos

Uma conta ativa do Cloud Application Manager.

Provedores

Um provedor é uma conta pública ou privada na nuvem que você registra no Cloud Application Manager. O Cloud Application Manager faz interface com a API da conta do provedor para provisionar e orquestrar as implementações de forma automática. Antes de implementar cargas de trabalho a partir do Cloud Application Manager, você precisa cadastrar um provedor.

Página de provedores

Ao clicar na opção Provedores no menu esquerdo, você verá a lista de provedores aos quais tem acesso, com algumas informações básicas para cada provedor, como nome, status da sincronização, quando foi modificado pela última vez, alias da conta e proprietário responsável pela criação.

Lista de provedores

Você pode criar novos provedores clicando no botão Novo, digitando algo no campo de pesquisa para procurar um provedor na lista ou filtrando pelo espaço de trabalho ao qual ele pertence.

Todos os provedores da lista possuem um ícone de engrenagem a partir do qual você pode sincronizar ou excluir o provedor. Se você clicar em qualquer provedor da lista, irá para a página de detalhes, onde encontrará mais informações e poderá interagir.

Se selecionar vários provedores clicando na caixa de seleção na linha do provedor (ou clicando na caixa de seleção na linha do título, que selecionará todos), será exibido o botão de seleção Ações em massa ao lado do botão do provedor Novo, permitindo sincronizar ou excluir os provedores selecionados em massa.

Processo de sincronização

O Cloud Application Manager precisa reunir informações específicas dos seus provedores de nuvem para poder provisionar e orquestrar implementações automaticamente. A sincronização básica de um provedor criado a partir de uma conta existente é um processo só de leitura que não altera nada na sua conta da nuvem.

Depois de registrar um provedor, o Cloud Application Manager usa chamadas API para recuperar metadados que descrevem opções de infraestrutura, quotas, sua configuração personalizada e imagens ou modelos para armazená-los com a finalidade de fornecer a você essas opções personalizadas quando estiver criando ou editando uma caixa de política de implementação.

Esses metadados incluem dados de infraestrutura obrigatórios conforme segue:

  • Regiões ou data centers disponíveis
  • Redes e sub-redes disponíveis
  • Opções de conectividade permitidas com IP público ou privado e regras de firewall
  • Configuração de autoescalabilidade disponível (ou seja, limites de recursos ou alarmes)
  • Tipo/tamanho permitido de máquinas virtuais
  • Imagens ou modelos disponíveis para serem usados no momento do provisionamento. Eles estão listados na configuração do seu provedor
  • Chaves públicas disponíveis para assegurar máquinas virtuais provisionadas
  • Balanceadores de carga e grupos de destino disponíveis
  • Recursos nativos não registrados são descobertos e exibidos na página de Instâncias com algumas informações básicas.
  • Máquinas virtuais não registradas e grupos de autoescala que já estão provisionados na sua conta da nuvem para permitir que você os registre se quiser. Eles estão listados na guia "Não registrados do seu provedor". A descoberta dessas máquinas virtuais não registradas pode ser feita automaticamente se você tiver feito essa seleção na sua guia de Serviços do provedor: Descoberta automática de recursos Descoberta automática de recursos
  • As subcontas (um recurso exclusivo do CLC) são exibidas na página do provedor, na seção de subcontas. Você pode registrar uma subconta como provedor nessa seção. Se você não tiver subcontas, faça sincronização do provedor.

Você pode solicitar que o Cloud Application Manager atualize os metadados do provedor clicando no botão Sincronizar quando necessário. Ou seja, depois de adicionar novas imagens ou regras de firewall à sua conta do provedor, você precisa sincronizar o provedor para selecionar um dos recursos recentemente adicionados.

Todo o processo de sincronização é registrado e você pode auditá-lo na guia Registros da página de detalhes do provedor.

Caso você esteja usando serviços adicionais como Managed Services Anywhere (Serviços Gerenciados em Qualquer Lugar) ou Analytics ou o seu provedor seja otimizado, o processo de sincronização também incluirá algumas etapas de configuração que criarão a infraestrutura necessária e configurações na sua conta para permitir que o Lumen forneça esses serviços.

Essas configurações necessárias incluem as seguintes etapas:

  • Acessar conta
  • Configurar IAM
  • Conta segura
  • Sincronizar ALM
  • Análise
  • Monitoramento

Todos os eventos detalhados e qualquer problema detectado durante o processo de sincronização serão registrados e você poderá auditar os registros do processo completo na guia de registros do provedor.

Tipos de provedores suportados

O Cloud Application Manager pode ser integrado a diversas nuvens populares. Eis uma lista completa das nuvens que o Cloud Application Manager suporta e sua disponibilidade por edição:

Nuvens Empresa
(Saas)
Empresa
(Aparelho)
Lumen Private Cloud na VMware Cloud Foundation (CPC na VCF) ✓ ✓ ✓ ✓
Lumen Private Cloud para VMware Cloud no AWS (CPC para VMC) ✓ ✓ ✓ ✓
Lumen Cloud ✓ ✓ ✓ ✓
DCC da Lumen ✓ ✓ ✓ ✓
Lumen DEC0 ✓ ✓ ✓ ✓
Amazon Web Services ✓ ✓ ✓ ✓
GovCloud do Amazon Web Services (mesma documentação da
Amazon Web Services)
✓ ✓ ✓ ✓
CloudStack ✓ ✓ ✓ ✓
Dimension Data ✓ ✓ ✓ ✓
Google Cloud ✓ ✓ ✓ ✓
Microsoft Azure ✓ ✓ ✓ ✓
OpenStack Cloud ✓ ✓ ✓ ✓
Rackspace Cloud ✓ ✓ ✓ ✓
SoftLayer ✓ ✓ ✓ ✓
vCloud Air e vCloud Director ✓ ✓ ✓ ✓
VMware vCenter ✓ ✓ ✓ ✓

Exportar a lista de provedores

Próximo do canto superior direito da tela, você encontra o botão Exportação de informações. Exportação de informações

Botão do menu Exportação de informações

Ao clicar nesse botão, um menu suspenso será aberto com duas opções:

  • Exportar como CSV
  • Exportar como PDF

Menu Exportação de informações

Quando uma dessas opções é selecionada, um arquivo é baixado em seu sistema e salvo com base nas configurações do seu navegador (por padrão, na pasta Downloads). O arquivo será nomeado providers.csv ou providers.pdf; ou, se já existir um arquivo com esse nome, o nome será modificado de acordo com as regras do seu sistema operacional (p. ex, providers (0).csv).

Observe que todos os provedores no escopo atual são exportados, não necessariamente apenas aqueles que você vê na lista (considerando-se que nenhum filtro tenha sido aplicado). O escopo atual consiste no espaço de trabalho selecionado no momento, no centro de custo ou na organização selecionada no alternador de contexto. Para um espaço de trabalho, todos os provedores que são compartilhados com o espaço de trabalho também são incluídos.

Todas as colunas na lista de provedores serão incluídas no arquivo exportado junto com algumas adicionais, como hora de criação, centro de custos e nome da organização.

Como contatar o suporte do Cloud Application Manager

Lamentamos que você tenha encontrado um problema com o Cloud Application Manager. Consulte as dicas de troubleshooting ou entre em contato com o suporte do Cloud Application Manager e apresente detalhes e capturas de tela, conforme possível.

Para problemas relacionados a chamadas de API, envie o corpo da solicitação junto com os detalhes referentes ao problema.

Em caso de erro de caixa, compartilhe a caixa no espaço de trabalho que sua organização e o Cloud Application Manager podem acessar e anexe os registros.

  • Linux: Linux: SSH e localize o registro em /var/log/elasticbox/elasticbox-agent.log
  • Windows: Windows: RDP na instância para localizar o registro em C:\ProgramData\ElasticBox\Logs\elasticbox-agent.log
Powered by Translations.com GlobalLink OneLink SoftwarePowered By OneLink