Base de conhecimento  /  Gerenciador de aplicativos em nuvem  /  Implementação em qualquer lugar
Base de conhecimento  /  Gerenciador de aplicativos em nuvem  /  Implementação em qualquer lugar

Implementação em qualquer infraestrutura

Atualizado por Guillermo Sánchez em 14 de maio de 2019
Código do artigo: kb/391

Implementação em qualquer infraestrutura

Neste artigo:

Visão geral

Você pode trazer sua própria infraestrutura ao Cloud Application Manager ao instalar o agente do Cloud Application Manager. Isso habilitará o ciclo de vida da instância por meio do Cloud Application Manager, assim como com qualquer outra instância implementada de modo nativo.

Público

Usuários do Cloud Application Manager que desejam registrar qualquer infraestrutura nele.

Pré-requisitos

  • Uma conta ativa do Cloud Application Manager.
  • Qualquer infraestrutura capaz de executar o agente do Cloud Application Manager.

Traga sua própria infraestrutura

O método preferencial para registrar qualquer infraestrutura no CAM é registrá-la em um provedor em vez de uma instância autônoma. Para saber mais sobre como registrar seus servidores em um provedor de instâncias de computação, consulte o artigo Como usar as instâncias de computação.

Você pode iniciar caixas em qualquer infraestrutura ao executar o agente do Cloud Application Manager. O agente é exigido para executar variáveis e scripts de caixa, bem como operações de ciclo de vida. Para instalar o agente, execute um comando Bash. A infraestrutura pode ser uma máquina virtual no seu laptop, máquinas físicas no local, um data center ou o ambiente de qualquer provedor de nuvem. Damos suporte à execução no Linux, distribuições Debian 0 e 1, Ubuntu 2.3 e 4.5, RedHat 6.x, CentOS 7.x e qualquer Linux AMI da AWS. Independentemente do local de implementação, as caixas são iniciadas de modo consistente, exatamente como em qualquer provedor de nuvem.

Diagrama Implementar via meu servidor

Como fazer implementações com o agente do Cloud Application Manager

Execute o agente do Cloud Application Manager na máquina do Linux onde você deseja iniciar a caixa. Depois que a caixa for iniciada, faça login no Cloud Application Manager e acesse a instância a partir de Instâncias para editar a composição de caixas, depurá-la ou gerenciar o ciclo de vida. Siga estas etapas para iniciar uma caixa em sua infraestrutura.

Antes de começar

  • Verifique se você tem uma caixa configurada e pronta para ser iniciada.
  • Coloque em operação a infraestrutura de destino onde você deseja iniciar sua caixa. Isso pode ser qualquer máquina do Linux executando uma imagem compatível.

Etapas

  1. Faça SSH na máquina para executar o agente. Como exemplo, vemos aqui o SSH em uma máquina do Linux que executa o Ubuntu 0.1 na AWS.

    ssh -i /Users/mrina/Documents/AWS_Private_PublicKeyPairs/AWSEC2_KeyPair/useast-mrina.pem ec2-user@54.163.174.41
    
  2. Inicie uma instância de uma caixa usando o agente do Cloud Application Manager. Neste exemplo, iniciamos a instância da caixa MongoDB pública na AWS.

    curl -sSL https://cam.ctl.io | sudo bash -s -- -b "MongoDB Server" -n "test" -V username=admin123 -V password=password12345 -t 314a36ad-74b6-4205-9e33-eac9970e4a1b
    

Comando do agente do Cloud Application Manager

Use cURL para baixar e executar o agente com parâmetros canalizados.

Sintaxe

curl -sSL https://cam.ctl.io | sudo bash -s -- -b "<box name or ID>" -n "<environment nameID>" -t <your_authentication_tokenID> -V <variable_name="variable value"ID> [-o "ID<owner IDID>"] [-d] [-H] [h] [f]

Parâmetros

Parâmetro Descrição
-b Especifique uma caixa por nome ou ID. Se você atribuir um nome, a versão mais recente da caixa será iniciada. Se você atribuir um ID, essa versão específica da caixa será iniciada. Você pode obter o ID da URL da caixa.
-n Atribua um nome para identificar o ambiente onde você inicia a caixa, tal como desenvolvimento ou teste. Se você não especificar um nome, o Cloud Application Manager usará o nome ou ID da caixa.
-t Digite seu token de autenticação, que você pode obter em sua conta no site do Cloud Application Manager. Se executar o comando do agente sem esse parâmetro, você deverá informá-lo mais tarde.
-V Se uma caixa precisar de valores para certas variáveis antes de iniciar, você pode passar cada um neste formato: -V variable_name1=variable_value -V variable_name2=variable_value
-o Como opção, especifique em minúsculas o ID do proprietário da caixa para marcar uma instância com essa informação. Você pode obter o ID quando tenta compartilhar a caixa com um proprietário. O proprietário pode ser uma conta ou um espaço de trabalho. O ID do proprietário é visível entre parênteses próximo ao nome de exibição.
-d Como opção, consulte todos os valores em cada etapa do script shell à medida que ele executa a caixa que você especificou no ambiente de destino.
-h Obtenha ajuda e exemplos de utilização com esta opção.
-H Especifique a URL intuitiva do nome do host se usar o dispositivo.
-f Force a instalação do agente. Se um agente do Cloud Application Manager já estiver em execução na máquina, o sinalizador de ação forçada interromperá e reinstalará o agente.

Como contatar o suporte do Cloud Application Manager

Lamentamos que você tenha encontrado um problema com o Cloud Application Manager. Consulte as dicas de troubleshooting ou entre em contato com o suporte do Cloud Application Manager e apresente detalhes e capturas de tela, conforme possível.

Para problemas relacionados a chamadas de API, envie o corpo da solicitação junto com os detalhes referentes ao problema.

Em caso de erro de caixa, compartilhe a caixa no espaço de trabalho que sua organização e o Cloud Application Manager podem acessar e anexe os registros.

  • Linux: SSH e localize o registro em /var/log/elasticbox/elasticbox-agent.log
  • Windows: Windows: RDP na instância para localizar o registro em ProgramDataElasticBoxLogselasticbox-agent.log
Powered by Translations.com GlobalLink OneLink SoftwarePowered By OneLink