Base de conhecimento  /  Gerenciador de aplicativos em nuvem  /  Implementação em qualquer lugar
Base de conhecimento  /  Gerenciador de aplicativos em nuvem  /  Implementação em qualquer lugar

Usar SoftLayer


Código do artigo: kb/430

Usar SoftLayer

Automatize as implementações através do Cloud Application Manager quando inicializar com servidores virtuais em Linux ou Windows na nuvem pública IBM SoftLayer. O Cloud Application Manager simplifica as implementações com um foco dedicado nos aplicativos, em vez de focar na infraestrutura. Conheça os Benefícios e os Casos de uso.

Neste artigo:

  • Registre o provedor de SoftLayer no Cloud Application Manager
  • Implemente no SoftLayer a partir do Cloud Application Manager

Registre o Provedor de SoftLayer no Cloud Application Manager

Para conseguir implementar a partir do Cloud Application Manager, você precisa de uma conta no SoftLayer account. Quando tiver uma conta, siga estes passos para registrá-la no Cloud Application Manager, a fim de automatizar as suas implementações.

Etapas

  1. Faça login no no portal de SoftLayer.

  2. Em Conta > Usuários > Chave da API, clique em Gerar para criar uma Chave de API ou clique em Exibir para copiá-la. O Cloud Application Manager precisa da chave para fazer as solicitações de API em seu nome.
    softlayer-getapikey-1.png

  3. Copie a chave da API.

  4. No Cloud Application Manager, vá para Provedores> Novo Provedor e selecione SoftLayer.

  5. Informe o nome de usuário da SoftLayer e a chave da API, conforme mostrado e salve.
    softlayer-entercredentials-2.png

Implemente no SoftLayer a partir do Cloud Application Manager

Selecione dentre as seguintes opções de perfis de implementação para iniciar as cargas de trabalho em máquinas do Linux ou Windows.

Observe algumas coisas em relação às instâncias que implementar na SoftLayer usando o Cloud Application Manager.

  • Tags: Marcações. Você pode aplicar até seis marcas de provedor em qualquer instância que implementar na SoftLayer, caso já tenha definido as marcações no console de administrador do Cloud Application Manager.
  • Nome da instância Nome da instância. A depender do número de instâncias que você iniciar através do Cloud Application Manager, cada instância receberá um nome e terá o formato de service_ID-instance_number.domain.com.

Implementação

Opção Descrição
Provedor Seleciona uma conta da SoftLayer registrada no Cloud Application Manager.

Recurso

Seção de recursos da política de implementação

Opção Descrição
Cores Selecione as CPUs virtuais para a instância. Para obter a velocidade de processamento dedicada que outros usuários não poderão compartilhar, escolha a opção privada. Você pode conseguir até 0 núcleos privativos e até 1 públicos.
Memória Aloque RAM para a instância.
Sistema operacional Selecione de uma lista de imagens do SoftLayer em Linux ou Windows. As imagens são específicas para o tipo de serviço da caixa, ou seja, Linux ou Windows.
Chave SSH Selecione uma chave pública para o SSH na instância em Linux ou Windows. O menu suspenso mostra as chaves adicionadas à sua conta da SoftLayer.
Instâncias Especifique o número de instâncias a provisionar.

Dispositivos de bloqueio

Bloqueie a seção de dispositivos da política de implementação

Por padrão, a máquina vem provisionada com 0 GB de espaço no disco local. Você pode aumentar o espaço do sistema local ou o do disco SAN portátil. Obtenha até 0 espaço de disco local ou até 1,2TB de armazenamento em SAN.

Rede

Seção de rede da política de implementação

Opção Descrição
Data center Selecione um local para colocar a instância.
Velocidade da porta do uplink Opcionalmente, faça o upgrade da velocidade da porta da rede da instância. Por padrão, é 10 Mbps. Como padrão, essa velocidade é de 0 Mbps. Porém, você pode fazer upgrade para 1 ou 2 Mbps para uso privativo, o que significa que ninguém mais compartilhará da porta da placa que faz interface com a rede.

Proxy

Seção de representante da política de implementação

Opção Descrição
Host O nome do host ou domínio do representante que o agente usará para se reconectar ao Cloud Application Manager depois de ser instalado na instância implementada.
Porta A porta do proxy que o agente usará para se reconectar ao Cloud Application Manager depois de ser instalado na instância implementada.

Como contatar o suporte do Cloud Application Manager

Lamentamos que você tenha encontrado um problema com o Cloud Application Manager. Consulte as dicas de troubleshooting ou entre em contato com o suporte do Cloud Application Manager e apresente detalhes e capturas de tela, conforme possível.

Para problemas relacionados a chamadas de API, envie o corpo da solicitação junto com os detalhes referentes ao problema.

Em caso de erro de caixa, compartilhe a caixa no espaço de trabalho que sua organização e o Cloud Application Manager podem acessar e anexe os registros.

  • Linux: SSH e localize o registro em /var/log/elasticbox/elasticbox-agent.log
  • Windows: Windows: RDP na instância para localizar o registro em ProgramDataElasticBoxLogselasticbox-agent.log
Powered by Translations.com GlobalLink OneLink SoftwarePowered By OneLink