Base de conhecimento  /  Gerenciador de aplicativos em nuvem  /  Serviços gerenciados
Base de conhecimento  /  Gerenciador de aplicativos em nuvem  /  Serviços gerenciados

Como começar a usar Managed Services Anywhere (Serviços Gerenciados em Qualquer Lugar) no CAM

Atualizado por Randy Wansing em fev 16, 2021
Código do artigo: kb/13

Apresentação

O Managed Services Anywhere (Serviços Gerenciados em Qualquer Lugar) (MSA) fornece serviços gerenciados abrangentes, incluindo monitoramento, patching (atualizações) e administração remota por meio de automação e acesso por profissionais de TI certificados.

Os serviços são oferecidos na Amazon Web Services (AWS), Microsoft Azure (Azure) e Lumen Private Cloud na VMware Cloud Foundation de acordo com o provedor (Uma conta em uma das plataformas mencionadas anteriormente, onde o cliente é diretamente responsável pelo faturamento ou compra dos serviços por meio da Lumen).

Dependências técnicas do MSA do CAM

Para que as equipes da Lumen possam oferecer serviços gerenciados em cargas de trabalho do cliente, existe uma dependência técnica de ter um dispositivo de gerenciamento no VPC (AWS), rede virtual (Azure) ou rede da organização (Lumen Private Cloud na VMware Cloud Foundation) onde as cargas de trabalho residem.

O dispositivo de gerenciamento da Lumen habilita os engenheiros de suporte da Lumen a acessar as cargas de trabalho do cliente em um mecanismo seguro e fornecer serviços gerenciados. Além disso, o acesso de saída à Internet deve estar disponível para o dispositivo de gerenciamento e as cargas de trabalho gerenciadas.

O dispositivo de gerenciamento deve ser instalado em um servidor Centos 0.

Sistemas operacionais suportados

  • RHEL 0, 1 e 2
  • CentOS 0, 1 e 2
  • Ubuntu 0, 1 e 2
  • Windows 0k1R2, 3k4, 5k6 e 7k8

Observação para servidores Windows: .NET 0.1 e PowerShell 2.3 devem ser instalados, e TLS 4.5 deve ser suportado.

Para todos os outros sistemas operacionais, consulte um representante de vendas.

Ativar serviços gerenciados em um provedor de nuvem no Cloud Application Manager (CAM)

Depois de configurar seu provedor AWS, Azure ou Lumen Private Cloud na VMware Cloud Foundation no CAM (consulte o artigo Provedores da Base de conhecimento) ocorrerá uma sincronização inicial do provedor (uma sincronização pode ser feita a qualquer momento clicando no botão Sincronizar na guia Registros do provedor).

Durante o processo de sincronização, a automação da Lumen coletará informações sobre o provedor, tais como cargas de trabalho em execução (VM), políticas de segurança, funções de IAM, imagens/AMI, redes, VPC e outros detalhes de configuração.

Após a conclusão da sincronização, o provedor estará on-line e disponível para ser afetado por meio do Application Lifecycle Management (ALM - gerenciamento de ciclo de vida de aplicativos), do Managed Services Anywhere (Serviços Gerenciados em Qualquer Lugar) (MSA) e do Analytics.

Você pode optar por ativar serviços gerenciados no provedor neste momento e, ao fazer isso, a Lumen ativará nossos serviços gerenciados abrangentes, incluindo monitoramento, patching (atualizações) e administração remota por meio de automação e acesso prático por profissionais de TI certificados. O MSA inclui todos os recursos de ALM junto com Analytics e um Technical Account Manager (TAM - gerente de contas técnicas) será designado à sua conta.

  • Selecione o Provedor no qual o MSA deve ser ativado na guia Provedores.

    getting-started-enable-msa-2.png

  • Em seguida, clique em Serviços para abrir e configurar os serviços disponíveis. Para ativar os Managed Services Anywhere (Serviços Gerenciados em Qualquer Lugar), clique no botão "Editar".

    getting-started-enable-msa-2.png

  • Níveis de carga de trabalho dos MSA (o padrão é "desativada")

    • Gerenciamento opcional de computação e SO (desativada, alerta, gerenciada)
    • Gerenciamento opcional de bancos de dados não nativos (desativada, alerta, gerenciada)
      • A opção de alerta está disponível somente quando computação e SO estão definidos para alerta ou gerenciada
      • A opção gerenciada está disponível somente quando computação e SO estão definidos para gerenciada
    • Gerenciamento opcional de serviços da web não nativos (desativada, alerta, gerenciada)
      • A opção de alerta está disponível somente quando computação e SO estão definidos para alerta ou gerenciada
      • A opção gerenciada está disponível somente quando computação e SO estão definidos para gerenciada

    getting-started-enable-msa-3.png

Após definir os níveis de gerenciamento de sua carga de trabalho, clique no botão "Aplicar". Será solicitado que você selecione as VPC ou redes nas quais suas cargas de trabalho gerenciadas são implementadas e/ou onde deseja implementar cargas de trabalho gerenciadas.

O processo "tornar gerenciado" implementará uma VM nas regiões ou nas VPC/redes selecionadas para o dispositivo de gerenciamento a ser implementado.

A VM será implementada no ambiente do cliente e o custo será refletido na conta do provedor de nuvem do cliente.
Por esse motivo, a Lumen fornece esse mecanismo para permitir que os clientes selecionem apenas as regiões, VPC/redes onde têm ou terão cargas de trabalho implementadas.

Azure Azure: para regiões em que uma rede e um grupo de segurança ainda não existem, um modelo do Azure Resource Manager (ARM) será implementado, criando a rede e o grupo de segurança necessários antes de implementar o dispositivo de gerenciamento (VM).

Exemplo do Azure:

GettingStarted4.png

Selecione a região no menu suspenso onde as cargas de trabalho gerenciadas existem ou serão implementadas. Se uma vNet estiver disponível, você poderá selecioná-la no menu suspenso ou selecionar "Criar nova vNet". O campo sub-rede permitirá escolher as sub-redes disponíveis ou preencher automaticamente se apenas uma estiver disponível.

A seguir, clique em Adicionar. Observe que o campo Dispositivo de gerenciamento mostrará "Será criada".

GettingStarted5.png

Ao selecionar "Criar nova vNet", o campo sub-rede exibirá "Nenhum item encontrado", mas criará uma sub-rede pública e privada depois de criada. Clique em Adicionar para continuar.

GettingStarted6.png

Continue adicionando regiões adicionais ou selecione Aplicar e confirme as alterações.

GettingStarted7.png

GettingStartedConfirm.png

AWS AWS: por padrão, a AWS cria uma VPC padrão e uma rede padrão em cada região. Para evitar o custo de VM desnecessárias em regiões nas quais não há cargas de trabalho implementadas, a Lumen habilita a capacidade de selecionar as regiões nas quais as cargas de trabalho existem para a conta da AWS configurada no provedor.

Selecionar uma VPC e uma rede em uma região resultará na implementação automatizada do dispositivo de gerenciamento.

Selecionar uma região sem selecionar uma VPC ou rede nessa região resultará na execução de um modelo CloudFormation da AWS, criando uma nova VPC e rede na região selecionada antes de implementar o dispositivo de gerenciamento (VM).

Exemplo da AWS:

GettingStarted8.png

Selecione a região no menu suspenso onde as cargas de trabalho gerenciadas existem ou serão implementadas. A seguir, escolha uma VPC existente ou selecione "Criar nova VPC". Ao selecionar uma VPC existente, o campo sub-rede será preenchido automaticamente com as sub-redes disponíveis.

GettingStarted9.png

Selecione a sub-rede e clique em Adicionar. Observe que o campo Dispositivo de gerenciamento mostrará "Será criada".

GettingStarted10.png

Continue adicionando regiões adicionais ou selecione Aplicar e confirme as alterações.

GettingStarted11.png

GettingStartedConfirm.png

Ao selecionar "Criar nova VPC", o campo sub-rede exibirá "Nenhum item encontrado", mas criará uma sub-rede pública e privada depois de criada. Clique em Adicionar para continuar.

GettingStarted12.png

A partir daqui, os dispositivos de gerenciamento começarão a implementação para as regiões selecionadas.

GettingStarted13.png

Neste exemplo, ativamos os dispositivos de gerenciamento para duas regiões: ap-south-0 e ap-northeast-1. ap-sul-1 e ap-nordeste-1.

Obs.: (Observação: onde não existiam redes virtuais (ap-south 0), foram implementados modelos do ARM, criando novas redes virtuais e grupos de segurança antes da implementação do dispositivo de gerenciamento dentro de cada rede virtual).

Políticas de implementação do provedor gerenciado

Após a conclusão do processo Habilitar serviços gerenciados, você observará novas políticas de implementação em sua guia Caixas. Essas políticas de implementação de AMOSTRA são implementáveis imediatamente para a região especificada na configuração das políticas de implementação. Essas políticas também devem ser usadas como modelos que podem ser clonados e modificados para se ajustarem à região, VPC/rede desejada. Consulte Cloud Application Manager para obter KB sobre os diferentes aplicativos hospedados gerenciados suportados no MSA.

Para visualizar as políticas aplicáveis ao provedor selecionado, clique na guia Caixas e selecione Política de implementação.

GettingStarted14.png

A seguir, clique em Provedores na parte superior direita e selecione o Provedor no menu suspenso.

GettingStarted15.png

Observação: Observação: depois que o provedor tiver sido gerenciado, todas as políticas de implementação configuradas no provedor serão alternadas para Delegar gerenciamento ativado (de acordo com a configuração do provedor).

GettingStarted16.png

Ajuda

Revise as dicas de troubleshooting para obter ajuda. Ou você pode entrar em contato com o suporte para pedir ajuda.

Powered by Translations.com GlobalLink OneLink SoftwarePowered By OneLink